Recuperar floresta e investir em energia renovável são soluções viáveis para renovar economia brasileira

Introdução

Com os últimos dias marcados por enchentes e tornados no mundo todo, inclusive no interior de São Paulo, lembrando que os efeitos das mudanças climáticas não conhecem fronteiras e atingem a todos, a pressão só aumenta para que ações que limitem o aquecimento global sejam implementadas. Combater o desmatamento, investir em restauração florestal e promover energias renováveis serão medidas necessárias para que o Brasil faça sua parte no combate às mudanças climáticas e para que cumpra sua meta de redução de gases do efeito estufa. A boa notícia é que implementá-las resultará em benefícios econômicos, sociais e ambientais. Em estudo recente, o Instituto Escolhas e a Fundação Getúlio Vargas mostram que cumprir a promessa de restaurar 12 milhões de hectares criaria um novo setor na economia brasileira, o de recuperação florestal, que poderia gerar até R$ 6,4 bilhões em impostos no período e 215 mil empregos. Além disso, publicação recente sobre energia renovável aponta que o Brasil figurou entre os países que mais geraram empregos relacionados ao setor de renováveis. Não há dúvida de que a adoção do caminho rumo a um futuro de baixo carbono é uma solução estratégica para o país no atual momento de reestruturação política e econômico, além de contribuir para o cumprimento dos compromissos firmados no Acordo de Paris.

Tweet

Ações

Pontos-chave

Recursos

Cobertura de imprensa

Relatórios, Estudos e Links Úteis

Áudio

Imagens

Alertas relacionados

Mais tweets